FD | (92) 3305-4651 Ramal 2820 |

A história do Curso de Direito da Universidade Federal do Amazonas se confunde em muitos aspectos com a própria Universidade Federal do Amazonas.
Foi em 17 de janeiro de 1909 que foi plantada a semente desta frondosa árvore, por inspiração de um grupo de idealistas, sócios do Clube da Guarda Nacional. Assim, em sessão ocorrida naquele clube nasceu a então “Escola Universitária Livre de Manaós”. Eulálio Chaves, foi o relator da proposta, aprovada por unanimidade.
O curso de Direito foi um dos contemplados naquela novel universidade sob o nome de “Faculdade de Ciências Sociais e Jurídicas”.
O Curso, ainda com aquela denominação, foi reconhecido em 8 de outubro de 1909, pela Lei n.º 601 que considerou “validos” os títulos expedidos por aquela Escola Universitária.
A Escola funcionou por trinta e três anos, após o que foi desativada e somente o curso de direito, então estatizado, continuou sua trajetória sem interrupções.
Em 12 de junho de 1962, através da Lei n.º 4069-A, foi criada a Universidade do Amazonas (UA), uma fundação de direito público mantida pela União, a qual absorveu a Faculdade de Direito. Era a federalização.
Por disposição da Lei n.º 10.468 de 20 de junho de 2002 a Universidade do Amazonas passou a denominar-se Universidade Federal do Amazonas (UFAM) como é conhecida até a presente data. 
A Faculdade de Direito continua integrando o pool de faculdades e institutos, e, ao longo destes 109 (cento e nove) anos, já formou mais de 5.400 acadêmicos, muitos dos quais se destacam no cenário nacional, seja como juristas, seja como políticos.
O estudo de qualidade ministrado na FD/UFAM tem sido aferido continuamente nos exames da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde figura quase sempre em primeiro lugar no Estado do Amazonas. Tal mérito garantiu que por quatro vezes a FD/UFAM fosse agraciada com o “Selo OAB Recomenda”. Também tem se destacado em competições jurídicas como os júris simulados do Ministério Público em que foi campeã por 09 vezes; Júri Sumulado da OAB/AM, onde foi campeã por 03 vezes; Competição de Arbitragem, onde foi campeã por 2 vezes nas duas competições regionais realizada na região norte pela OAB; Competição de Direitos Humanos, onde foi campeã por 02 vezes.
Já ofertou cerca de 36 Cursos de Especialização ao longo dos anos, e, no momento atual estão em desenvolvimento dois: especialização em Direito Público e Especialização em Processo Civil. Vale ressaltar que nos idos de 1923 a 1930, a Faculdade de Direito (então Universidade de Manaus) em convênio com a Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro, promoveu um doutoramento de 9 (nove) docentes.
Em termos de Mestrado, no ano de 2003, via Minter firmado com a Universidade Federal do Pernambuco, qualificou 6 docentes.
Na pesquisa, os alunos, sob orientação dos professores, já desenvolveram 112 Projetos de Iniciação Científica nos últimos 4 anos, sendo: 38 no ano de 2016, 35 no ano de 2015, 23 no ano de 2014 e 16 no ano de 2013. E na extensão, 27 projetos foram ou estão sendo desenvolvidos.
Portanto, a FD/UFAM é, por excelência, uma instituição que merece respeito e credibilidade, pois desde que surgiu no mundo jurídico amazonense, quiça nacional, nunca deixou de produzir conhecimento, fomentar a discussão política, e lutar pelo ensino de qualidade, sempre com o firme propósito de formar profissionais éticos, competentes e com visão humanitária.

Produzido por :